3

O momento de apresentar o premiado

Ontem, dia 20 de Novembro, decorreu a segunda entrega de prémios do Festival Cineuropa em Santiago de Compostela. Quem foi o merecedor deste prémio foi o argentino Pablo Trapero Pablo Trapero. Este nasceu em 1917 na província de Buenos Aires e estudou na capital argentina cinema. 

4

Xosé Bugallo e Pablo Trapero

Já realizou junto de outros realizadores como por exemplo em «Pizza, Birra, Falso» em 1998, um filme de Bruno Stagnaro e Adrián Caetano, entre outros. O seu primeiro filme terá sido estriado em 1999, intitulado de «Mundo Grúa», que foi merecedor de prémio crítica no Festival de Veneza, de melhor filme em Rotterdam, Toulose e Friburgo, prémio escolhido pelo jurado em Habana e em Buenos Aires como melhor realizador e melhor actor (Luis Margani). 

No ano seguinte realizou uma media metragem «Naikor» e começou a trabalhar na sua segunda longametragem «El Bonaerense» que teve a honra de ser projectada em Cannes 2002. Este ano fundou a sua companhia de produção que tem por nome Mantanza Cine. 

Em 2004 volta ao Festival de Veneza graças ao seu terceiro filme, «Familia Rodante». Em 2005 produz «Géminis» da realizadora argentina Albertina Carri, um filme que o lança para o Festival de Cannes e é clausurado no Festival de Buenos Aires. 

Terá ainda realizado mais co-produções como «Mi mejor enemigo» e «Di buen día a papá», bem como uma longametragem intitulada «Nacido y criado» e um documental dirijido por Philip Cox e Valeria Mapelman chamado «Mbya, Tierra en rojo».

Realiza em 2008 «Leonera» que também foi produzida nesta noite de entrega de prémios pela Cineuropa. O prémio foi entregue por Xosé Sánchez Bugallo, o ministro de Santiago de Compostela. Pablo foi curto e conciso no seu discurso e conseguiu um enorme aplauso do público que se fascinou com o filme que foi produzido depois da entrega. Xosé Sánchez Bugallo, revelou o apoio de Santiago neste tipo de enventos e apoiou a cultura cinematográfica entre outras artes expostas nesta cidade. 

Um evento que contou com música instrumental ao vivo e uma sala de comes e bebes para ter a oportunidade de falar com o realizador e premiado Pablo Trapero. Um evento que encheu a sala e mais o dia promoveu o cinema. 

11Teatro Principal de Santiago de Compostela

21

A banda convidada
5

Pablo Trapero

«Leonera», de Pablo Trapejo

Uma gravidez no pior momento das nossas vidas faz com que tudo pareça perfeito para uma mãe, desde que ninguém queira tirar-lhe a sua única fonte de vida…

 

1225383433leonera_grande«Leonera» é um filme de Pablo Treapejo de 113 minutos, que procura retratar a vida de uma grávida dentro da prisão. Um filme que conta com a representação da actriz Martina Gusman e o actor Rodrigo Santoro, e que tem como país a argentina, brasil e Coreia do Sul. 

Júlia é uma mulher que chega a casa um dia e encontra no seu apartamento um corpo sem vida, ninguém se recorda ao certo como tudo aquilo aconteceu, mas a única coisa de Júlia sabe é que está grávida e presa e tudo indica que vai ter o seu filho na prisão. A relação desta jovem com a família não é a melhor e depois do nascimento do filho este é o único que lhe dá forças e motivos para querer continuar a viver. O tribunal condena-a a dez anos de prisão e o seu filho só poderá ficar com ela até aos 4 anos de idade. Este é um problema que Júlia não está a pensar deixar ficar para trás…

 

Texto e Fotografia: Andrea Rocha